Secagem em camada de espuma da polpa da goiaba (Psidium guajava L.)

Autores

  • Maria do Carmo de Souza Cabral Filha Universidade Federal de Campina Grande
  • Morgana Fabíola Cunha Silva Canuto Universidade Federal de Campina Grande
  • José Hugo Simplicio de Sousa Universidade Federal de Campina Grande
  • Débora Rafaelly Soares Silva Universidade Federal de Campina Grande
  • Fabiana Pimentel Macêdo Farias Universidade Federal de Campina Grande

DOI:

https://doi.org/10.31416/rsdv.v12i1.678

Palavras-chave:

Desidratação, Conservação, Curvas de secagem, Ácido ascórbico, Pós-colheita

Resumo

A goiaba (Psidium guajava L.) é reconhecida por sua polpa doce e suculenta, também é uma excelente fonte de vitamina C. Com o seu rápido amadurecimento pós colheita, existe um desafio em consumir o fruto de forma fresca. Esse processo de amadurecimento pode ser ainda mais acentuado por práticas inadequadas de manejo, como o transporte e o armazenamento. Uma alternativa para preservar a goiaba com qualidade é o método de secagem em camada de espuma. Este estudo teve como objetivo analisar o processo de secagem da polpa da goiaba por meio da análise das curvas cinéticas de secagem. Além disso, utilizou um planejamento experimental para investigar os efeitos das variáveis de entrada, como temperatura de secagem e espessura da camada de espuma, nas variáveis de resposta, incluindo o teor de ácido ascórbico e a acidez total. A operação foi conduzida com sucesso, especialmente no Ensaio 1, em que uma temperatura de 70°C e 15 minutos de batimento foram aplicados, resultando nos melhores parâmetros analisados. A análise estatística revelou que a temperatura teve uma influência significativa sobre o teor de ácido ascórbico, com um modelo estatístico significativo a 95% de confiança. Os resultados deste estudo demonstram que a secagem da polpa de goiaba em camada de espuma, sob as condições testadas, é adequada e eficiente. O produto final atendeu às especificações da literatura e foi obtido a um baixo custo de produção, enfatizando sua viabilidade como método de conservação e processamento para a polpa de goiaba.

Biografia do Autor

Maria do Carmo de Souza Cabral Filha, Universidade Federal de Campina Grande

Tem experiência na área de Ciência e Tecnologia de Alimentos, com ênfase em Engenharia de Alimentos.

Morgana Fabíola Cunha Silva Canuto, Universidade Federal de Campina Grande

Graduada em Engenharia Química pela Universidade Federal de Campina Grande (2004), mestre em Engenharia Química pela Universidade Federal de Campina Grande (2007) e doutora em Engenharia de Processos pela Universidade Federal de Campina Grande, com o título obtido em 2012, na área de Engenharia Química, com ênfase em Adsorção, atuando principalmente nos seguintes temas: Adsorção, biossorção, metais pesados, coluna de leito fixo e na área de secagem. Atualmente é Professora do Centro de Desenvolvimento Sustentável do Semiárido da Universidade Federal de Campina Grande.

José Hugo Simplicio de Sousa, Universidade Federal de Campina Grande

Graduando em Engenharia de Biossistemas na Universidade Federal de Campina Grande, CDSA/Campus Sumé com ênfase em Sensoriamento Remoto e Geoprocessamento. Atuou como bolsista do Programa Institucional de Iniciação Científica-PIBIC, em projetos na área de Sensoriamento
Remoto e Geoprocessamento, entre 2021 a 2023 e atuou em projeto na área de secagem de alimentos entre 2020 e 2021. Ex-Membro Associado Consultor Júnior da SustemBIO Jr, Empresa Júnior do curso de Engenharia de Biossistemas da UFCG/CDSA.

Débora Rafaelly Soares Silva, Universidade Federal de Campina Grande

Graduada em Engenharia Agrícola pela Universidade Federal de Campina Grande (2007), Especialista em Docência para a Educação Profissional e Tecnológica pelo Instituto Federal do Espírito Santo (2021), Mestre em Engenharia Agrícola pela Universidade Federal de Campina Grande (2010) e Doutora em Engenharia de Processos pela Universidade Federal de Campina Grande (2015). Tem experiência nas áreas de pesquisa e docência, atuando principalmente nos seguintes temas: processamento de produtos agrícolas, tecnologia de alimentos e sustentabilidade.

Fabiana Pimentel Macêdo Farias, Universidade Federal de Campina Grande

Possui graduação em Engenharia Química pela Universidade Federal da Paraíba (1998), mestrado em Engenharia Química pela Universidade Federal da Paraíba (2001) e doutorado em Engenharia de Processos pela Universidade Federal de Campina Grande (2006). Atuou como professora visitante da Universidade Estadual da Paraíba (2006-2007). Tem experiência na área de Engenharia Química, atuando principalmente nos seguintes temas: fluidodinâmica, secagem em ciclone e separação água/óleo em hidrociclones. Também possui conhecimento no código computacional CFX. Atualmente é Professora da Universidade Federal de Campina Grande, Campus de Sumé, na Unidade Acadêmica de Tecnologia do Desenvolvimento (UATEC) do Centro de Desenvolvimento Sustentável do Semi-Árido (CDSA).

Referências

ARAUJO, L. B. Secagem de polpa de goiaba pelo método de camada de espuma. Trabalho de Conclusão de Curso (Graduação em Engenharia Química) - Departamento de Engenharia Química, Universidade Federal do Rio Grande do Norte - UFRN, Natal. 45p. 2019.

BRASIL. Ministério da Agricultura, Pecuária e Abastecimento. Instrução normativa nº 1 de 7 de janeiro de 2000. Regulamento Técnico Geral para Fixação dos padrões de identidade e qualidade para polpa de fruta. Diário Oficial da União, DF, 10 de jan. de 2000. Disponível em: https://sogi8.sogi.com.br/Manager/texto/arquivo/exibir/arquivo?eyJ0eXAiOiJKV1QiLCJhbGciOiJIUzI1NiJ9AFFIjAvMTAwNi9TR19SZXF1aXNpdG9fTGVnYWxfVGV4dG8vMC8wL0RPQ1VNRU5UTyAxLnBkZi8wLzAiAFF-PrY0AgIRKZ-v7L2u54yTTXEsLtTom6nh_2Ohh3bv6A. Acesso em: 13 de fev. 2023.

ÇALI?KAN KOÇ, G.; TEKGÜL, Y.; YÜKSEL, A. N.; KHANASHYAM, A. C.; KOTHAKOTA, A.; PANDISELVAM, R. Recent development in foam?mat drying process: Influence of foaming agents and foam properties on powder properties. Journal of Surfactants and Detergents, v. 25, n. 5, p. 539-557, 2022.

CARDOSO, C. E. D. F.; LOBO, F. A. T. F.; TEODORO, A. J. Influence of foam mat drying on the nutritional and technological potential of fruits–a review. Critical Reviews in Food Science and Nutrition, v. 63, n.1, p. 1-15, 2022.

CRUZ, W. F. Obtenção de polpa de goiaba (Psidium guajava L.) em pó pelo método de secagem em camada de espuma. Dissertação (Mestrado em Ciência e Tecnologia de Alimentos) – Programa de Pós Graduação em Ciência e Tecnologia de Alimentos, Universidade Federal de Viçosa - UFV, Viçosa. 78p. 2013.

CAVALCANTE, M. D.; BELISARIO, C. M.; OLIVEIRA, D. E. C. D.; MAIA, G. P. A. G.; FERREIRA JUNIOR, W. N.; RESENDE, O. Adjustment of mathematical models in the drying of cagaita pulp in foam-layer. Food Science and Technology, v. 41, n. 2, p. 563-567, 2020.

DANTAS, S. C. M. Desidratação de polpas de frutas pelo método foam-mat. Dissertação (Mestrado em Engenharia Química) – Departamento de Engenharia Química, Universidade Federal do Rio Grande do Norte - UFRN, Natal. 100p. 2010.

DIÓGENES, A. D. M. G.; FIGUEIRÊDO, R. M. F.; QUEIROZ, A. J. D. M.; FERREIRA, J. P. D. L.; SILVA, W. P. D.; GOMES, J. P.; SANTOS, F. S.; CASTRO, D. S.; OLIVEIRA, M. N.; SANTOS, D. C.; ANDRANDE, R. O.; LIMA, A. R. C. D. Mathematical models to describe the foam mat drying process of cumbeba pulp (Tacinga inamoena) and product quality. Foods, v. 11, n. 12, e1751, 2022.

FERNANDES, T. K. S.; PÊ, P. R.; ROCHA, A. P. T. Comportamento da secagem da hortelã da folha miúda. Revista Verde de Agroecologia e Desenvolvimento Sustentável, v. 8, n. 2, p. 36-40, 2013.

GURGEL, C. E. M. R. Secagem da polpa de graviola (Annona muricata L.) em camada de espuma - desempenho do processo e características do produto. Dissertação (Mestrado em Engenharia Química) - Departamento de Engenharia Química, Universidade Federal do Rio Grande do Norte - UFRN, Natal. 91p. 2014.

GIRELLI, A.; SANT’ANNA, V.; KLEIN, M. P. Drying of butiá pulp by the foam-layer method and characterization of the obtained powder. Pesquisa Agropecuária Brasileira, v. 58, n. 1, e03050, 2023.

HAIDA, K. S.; BARON, Â.; HAIDA, K. S.; FACI, D.; HAAS, J.; SILVA, F. J. Compostos fenólicos totais e atividade antioxidante de duas variedades de goiaba e arruda. Revista de Atenção à Saúde, v. 9, n. 28, p. 11-19, 2011.

IAL -INSTITUTO ADOLFO LUTZ. Normas analíticas do Instituto Adolfo Lutz, v. 1. 4 ed. São Paulo: Instituto Adolfo Lutz, 2008.

IHA, S. M.; MIGLIATO, K. F.; VELLOSA, J. C. R.; SACRAMENTO, L. V. S.; PIETRO, R. C. L. R.; ISAAC, V. L. B.; BRUNETTI, I. L.; CORRÊA, M. A.; SALGADO, H. R. N. Estudo fitoquímico de goiaba (Psidium guajava L.) com potencial antioxidante para o desenvolvimento de formulação fitocosmética. Revista Brasileira de Farmacognosia, v. 18, n. 3, p. 387-393, 2008.

LEITE, A. C. N.; ASSIS CAVALCANTE, J.; COSTA, N. A.; PINHEIRO, W. S. Cinética de secagem em camada de espuma da Mentha crispa e ajuste de modelos matemáticos. Revista Engenharia na Agricultura, v. 31, n. 1, p. 1-18, 2023.

MOREIRA, D. B.; DIAS, T. J.; ROCHA, V. C.; CHAVES, A. C. T. A. Determinação do teor de cinzas em alimentos e sua relação com a saúde. Revista Ibero-Americana de Humanidades, Ciências e Educação, v. 7, n. 10, p. 3041-3053, 2021.

MAIA, G. A. O. Cinética de secagem de manga rosa pelo método camada de espuma (foam-mat-drying). Trabalho de Conclusão de Curso (Graduação em Tecnologia em Alimentos) - Setor de Tecnologia em Alimentos, Campus Salgueiro, IF Sertão PE, Salgueiro. 69p. 2020.

MOREIRA, M. F.; ASSIS CAVALCANTE, J.; COSTA, N. A.; SILVA, M. F. R. Obtenção do pó da entrecasca do Juazeiro (Ziziphus joazeiro Mart.) por secagem em camada de espuma. Research, Society and Development, v. 10, n. 12, e558101220656, 2021.

MACEDO, L. F. Farinha do fruto do Ziziphus Joazeiro Mart. obtida por secagem em camada de espuma. Trabalho de Conclusão de Curso (Bacharelado em Agronomia) - Centro de Ciências e Tecnologia Agroalimentar, Universidade Federal de Campina Grande, Pombal. 40p. 2022.

MARTINS, A. N.; NARITA, N.; SUGUINO, E.; TAKATA, W. H. S. Desempenho de cultivares de goiabeiras em ambientes irrigados e sequeiros. Colloquium Agrariae, v. 16, n. 2, p. 82-89, 2020.

OLIVEIRA, B. F.; SILVA NEGREIROS, J. K.; BONFIM, K. S.; ASSIS CAVALCANTE, J.; PINTO, M. F.; COSTA, N. A. Modelagem matemática da cinética de secagem em camada de espuma da folha da gravioleira (Annona muricata Linn) e caracterização do pó obtido. Research, Society and Development, v. 9, n. 4, e10942811, 2020.

PÊ, P. R.; CARNEIRO, G. G.; PÊ, F. R.; CASTRO, D. S.; SILVA, D. R. S.; MARQUES, L. F. Secagem de polpa de caqui pelo método de camada de espuma. Holos, v. 4, n. 32, p. 77-85, 2016.

PINHEIRO, W. S.; SILVA, F. L. H.; ASSIS CAVALCANTE, J.; MELO SANTOS, S. F.; MELO, D. J. N.; GADELHA, B. S. O.; ARAÚJO SANTOS, L. V. Secagem da biomassa de levedura Rhodotorula glutinis em camada de espuma. Research, Society and Development, v. 9, n. 11, e1129119437, 2020.

QUEIROZ, V. A. V.; BERBERT, P. A.; MOLINA, M. A. B. D.; GRAVINA, G. D. A.; QUEIROZ, L. R.; SILVA, J. A. D. Qualidade nutricional de goiabas submetidas aos processos de desidratação por imersão-impregnação e secagem complementar por convecção. Food Science and Technology, v. 28, n. 2, p. 329-340, 2008.

RIBEIRO, B. B. Aspectos comerciais da cultura da goiaba no Brasil. Trabalho de Conclusão de Curso (Bacharelado em Agronomia) - Faculdade de Agronomia e Medicina Veterinária Curso de Agronomia, Universidade de Brasília – UnB, Brasília. 37p. 2021.

ROCHA, M. V. G. Avaliação físico-química de sorvetes elaborados com adição de polpa de manga (tommy atkins) in natura e em pó obtida por metodologia foam-mat. Trabalho de Conclusão de Curso (Graduação em Tecnologia em Alimentos) - Setor de Tecnologia em Alimentos, Campus Salgueiro, IF Sertão PE, Salgueiro. 50p. 2023.

RIGUETO, C. V. T.; EVARISTO, L. M.; GERALDI, C. A. Q.; COVRE, L. Influência da temperatura de secagem de uvaia (Eugenia pyriformis) em camada de espuma. Revista ENGEVISTA, v. 20, n. 4, p. 537-547, 2018.

RIGUETO, C. V. T.; NAZARI, M. T.; EVARISTO, L. M.; ROSSETTO, M.; DETTMER, A.; GERALDI, C. A. Q.; PICCIN, J. S. Influência da temperatura de secagem de jambo vermelho (Syzygium malaccense) em camada de espuma. Research, Society and Development, v. 9, n. 3, e40932382, 2020.

REIS, K. C. D.; AZEVEDO, L. F. D.; SIQUEIRA, H. H. D.; FERRUA, F. Q. Avaliação físico-química de goiabas desidratadas osmoticamente em diferentes soluções. Ciência e Agrotecnologia, v. 31, n. 3, p. 781–785, 2007.

SANTOS, N. C.; FARIAS LEITE, D. D.; CÂMARA, G. B.; BARROS, S. L.; SANTOS, F. S.; CUNHA SOARES, T.; LIMA, A. R. N.; CUNHA SOARES, T.; PACHECO ALBUQUERQUE, A.; OLIVEIRA, M. N.; VASCONCELOS, U. A. A; MELO QUEIROZ, A. J. Modelagem matemática da cinética de secagem de cascas da toranja (Citrus paradisi Macf.). Research, Society and Development, v. 9, n. 1, e9, 2020.

SOUSA, J. H. S.; CANUTO, M. F. C. S.; FARIAS, F. P. M.; SILVA, D. R. S.; FRANCISCO, P. R. M. Cinética de secagem aplicada a casca do umbu (Spondias tuberosa). Revista de Biologia e Ciências da Terra, v. 23, n. 2, p. 24-32, 2023.

SOUZA, L. M. R.; CANUTO, M. F. C. S.; SILVA, D. R. S.; FARIAS, F. P. M.; SANTOS, F. S. Secagem da polpa do umbu (Spondias tuberosa) em camada de espuma. Research, Society and Development, v. 10, n. 11, e488101119955, 2021.

SOUSA, R. P.; LOBO, F. A. T. F.; MONTES, L. T. P.; LIMA ARAÚJO, K. G. Secagem da polpa de goiaba (Psidium guajava) da variedade Pedro Sato pelo método foam mat drying para aplicação em alimentos. Revista da Associação Brasileira de Nutrição, v. 10, n. 2, p. 59-65, 2019.

ROCHA, M. V. G.; OLIVEIRA, A. B. S.; PROFIRIO, L. S.; CRUZ, A. R. N.; SOUSA, F. C. Avaliação físico-química da polpa de manga (Tommy atkins) em pó obtida por meio da secagem em camada de espuma. Revista Semiárido De Visu, v. 11, n. 1, p. 1-19, 2023.

SILVA, D. J.; QUEIROZ A. C. Análise de alimentos: Métodos químicos e biológicos. 3ª ed. v.1. Viçosa: UFV, 2006. 235 p.

Downloads

Publicado

2024-03-01

Como Citar

CABRAL FILHA, M. do C. de S.; CANUTO, M. F. C. S.; SOUSA, J. H. S. de; SILVA, D. R. S.; FARIAS, F. P. M. Secagem em camada de espuma da polpa da goiaba (Psidium guajava L.). Revista Semiárido De Visu, [S. l.], v. 12, n. 1, p. 178–193, 2024. DOI: 10.31416/rsdv.v12i1.678. Disponível em: https://revistas.ifsertaope.edu.br/index.php/rsdv/article/view/678. Acesso em: 19 abr. 2024.

Edição

Seção

Ciências Agrárias - Artigos